Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Notícias > Destaques > Plenário > Dia Internacional da Mulher: Câmara homenageia servidoras pioneiras
Início do conteúdo da página

Contratação de fisioterapeutas e construção de espaço para equoterapia são propostas por Kelen Adriana

Publicado em Quinta, 02 de Julho de 2020, 00h00 | Voltar à página anterior

Duas proposições foram apresentadas pela vereadora Kelen Adriana (PTB) na sessão ordinária da Câmara Municipal de Parauapebas de terça-feira (30), voltadas à área da saúde.

Kelen Adriana

Fisioterapeutas
Por meio da Indicação n° 199/2020, Kelen propôs a contratação de profissionais da área de fisioterapia para pacientes pós-internação da covid-19.

A vereadora relata na proposição que o fisioterapeuta é o profissional que colabora diretamente na reabilitação cardiopulmonar das pessoas acometidas pelo vírus, principalmente dos enfermos que estão ou estiveram em Unidades de Tratamento Intensivo (UTIs).

“Poucas pessoas sabem da necessidade desses profissionais na recuperação diante das consequências causadas pelo novo coronavírus. O acompanhamento de fisioterapeutas é fundamental para os pacientes que já venceram a covid-19, mas necessitam dos cuidados pós-internação no processo de reabilitação pulmonar”, explicou.

Equoterapia
Em seguida, Kelen Adriana solicitou na Indicação n° 200/2020 a construção de espaço para equoterapia, com equipes de atendimento a pessoas com deficiências físicas, para ações de saúde no município.

A equoterapia é um método terapêutico que utiliza o cavalo dentro de uma abordagem interdisciplinar nas áreas de saúde, educação e equitação, buscando o desenvolvimento biopsicossocial de pessoas com deficiência e/ou com necessidades especiais.

A vereadora informou que já destinou emendas para incentivar a implantação de equoterapia em Parauapebas, entretanto, nada foi feito. Também já apresentou projeto de lei com o mesmo objetivo, mas não obteve sucesso, porque trata-se de matéria de competência do Executivo.

“Vale salientar que o poder público tem o dever de oferecer à pessoa com deficiência uma rede de serviços especializados em habilitação e reabilitação, além de garantir acesso a hospitais e outros estabelecimentos. A lei ainda garante tratamento domiciliar na impossibilidade de locomoção a um hospital. A prática da equoterapia consiste em diversos benefícios, proporcionando um bom desenvolvimento da coordenação motora, estimulação da sensibilidade tátil, visual e auditiva, bem como a facilitação na força muscular e integração social".

Encaminhamento
As duas indicações de Kelen Adriana foram aprovadas e serão encaminhadas para que o prefeito Darci Lermen e o secretário municipal de Saúde, Gilberto Laranjeiras, analisem a possibilidade de colocá-las em prática.

Texto: Nayara Cristina / Revisão: Waldyr Silva / Fotos: Kleyber de Souza / Ascomleg

 

Fim do conteúdo da página