Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Aplicativo do Programa Vencer e vacinômetro são solicitados pelo vereador Joel do Sindicato

Na intenção de proporcionar à comunidade de Parauapebas acesso à informação, o vereador Joel do Sindicato (PDT) apresentou na sessão ordinária desta terça-feira (27) as indicações nº 211 e 214/2021, solicitando ao Poder Executivo a criação de aplicativo do Programa Vencer e a implantação do vacinômetro, com dados da vacinação contra a covid-19 no município. 

  • Publicado: Quinta, 29 de Abril de 2021, 11h25

Aplicativo do Programa Vencer 

Para disponibilizar informações oficiais aos beneficiários do Programa Vencer, o vereador sugeriu que seja desenvolvido um aplicativo (app) para usuários do programa criado pelo governo municipal para concessão de auxílio emergencial temporário. 

Conforme ressaltou Joel do Sindicato, é importante disponibilizar aos munícipes beneficiários do Programa Vencer um aplicativo para uso em smartphones que facilite o acompanhamento da percepção dos benefícios decorrentes do referido programa.  

“Sabemos que a maioria dos websites não é o canal mais adequado para acesso via celular, visto que grande parte deles não disponibiliza interface apropriada para navegação com smartphones, fazendo com que a trafegabilidade nas páginas por este tipo de aparelho fique ‘pesada’ e com alguns recursos indisponíveis. Já esse acompanhamento é facilitado pelo uso de aplicativo”, contou o parlamentar. 

Assim, além de usar a tecnologia disponível mais apropriada à situação em comento, ajudará a reduzir aglomerações, pois a pessoa contará com mais uma ferramenta através da qual fará o acompanhamento do pagamento de seu benefício de forma simplificada e de sua própria residência, usando apenas um celular com acesso à internet.  

O vereador Joel ainda explicou que o aplicativo não se destina a fazer operações bancárias pelo beneficiário do programa, pois será mais uma ferramenta essencial de consulta de informações sobre a concessão e calendário de pagamento do seu benefício.

Vereador Joel do Sindicato  

Vacinômetro  

Joel do Sindicato pediu que seja feita implantação efetiva e em caráter de urgência do “Vacinômetro” no município. A sugestão do parlamentar é que a atualização de dados ocorra em tempo real ou ao menos com atualização diária, como ocorre com o “Boletim Covid-19”.  

Conforme assegurou o legislador, o vacinômetro é importante em função da elevada quantidade de cidadãos e profissionais da saúde que vêm fazendo questionamentos acerca da aplicação da vacina da covid-19 em Parauapebas.  

“Não temos no município um canal de informações em funcionamento pleno, efetivo e em tempo real, ou pelo menos com atualização diária, que nos mantenha informados acerca da quantidade de pessoas imunizadas. Apenas informações genéricas e desatualizadas compartilhadas no site da prefeitura e em redes sociais”.  

“Precisamos oficializar e levar a sério o compartilhamento correto, ágil e atualizado dessas informações, em respeito, inclusive, à Lei de Acesso à Informação, a saber, Lei nº 12.527/2011. Com base nisso, visando dar à comunidade melhores informações sobre sua vacinação, solicito à Secretaria Municipal de Saúde que auxilie na implantação concreta do ‘vacinômetro’ no município”, solicitou o vereador. 

A proposta do vereador Joel é que no vacinômetro haja informações como o total de vacinados com a primeira e a segunda dose. O total de profissionais da saúde e idosos vacinados e ainda o total de idosos acamados e deficientes vacinados. O parlamentar também sugeriu que seja disponibilizada a quantidade de cidadãos do grupo de risco vacinados, o total de doses recebidas, metas de aplicação e datas previstas para vacinação da comunidade. 

Votação  

Ao serem colocadas para apreciação parlamentar, as indicações foram aprovadas pelos vereadores. Com o parecer favorável da Casa Legislativa, as proposições serão enviadas ao Poder Executivo, que deverá analisar e implementar os pedidos.

Texto: Josiane Quintino / Revisão: Waldyr Silva / Foto: Felipe Borges (AscomLeg 2021)

registrado em:
Fim do conteúdo da página