Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Notícias > Destaques
Início do conteúdo da página

Lei declara Organização da Sociedade Civil da Biodiversidade como entidade de utilidade pública

Publicado em Terça, 07 de Julho de 2020, 00h00 | Voltar à página anterior
Desenvolvendo em Parauapebas atividades específicas e com especialidades da problemática dos recursos hídricos, a Organização da Sociedade Civil da Biodiversidade (Biong) tornou-se referência em ações de conservação e recuperação das riquezas hídricas do município.
 
A organização está sempre vinculada em trabalhos de rede com associações comunitárias de moradores, de produtores rurais e associações de pesca. As áreas de atuação possibilitam promover e articular ações de áreas degradadas, recuperação de nascentes, margens de rios e afluentes.
 
As ações buscam despertar a resiliência de defesa de direitos e a sustentabilidade, prevenção ambiental, orientações direcionadas à melhoria da qualidade de vida das pessoas, assim como a construção de uma sociedade justa, inclusiva e solidária.
 
Por entender que o pleito da Biong vai ao encontro do interesse público, e que ela já demonstrou árdua atuação na cidade de Parauapebas, o vereador Zacarias Marques (PP) propôs, no Projeto de Lei nº 90/2020, a declaração da Biong como entidade de utilidade pública.
 
Vereador Zacarias Marques
 
A proposta foi debatida na sessão ordinária de terça-feira (30), em que o autor do projeto de lei explicou a importância da entidade no cuidado dos recursos hídricos do município, em especial das nascentes dos igarapés e do Rio Parauapebas, afirmando que a entidade vem somar e colaborar com o município e com os cuidados ao meio ambiente.
 
Ao ser colocada para votação, a proposição foi aprovada com unanimidade pelos demais vereadores e será enviada para sanção do prefeito Darci Lermen.
 
Texto: Josiane Quintino / Revisão: Waldyr Silva / Foto: Kleyber de Souza (AscomLeg)
Fim do conteúdo da página