Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Notícias > Horácio Martins solicita estacionamento em escola e reforma de praça
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Unidade do Centro de Integração Empresa-Escola pode ser instalada em Parauapebas

Uma unidade do Centro de Integração Empresa-Escola (Ciee) poderá ser instalada em Parauapebas pela prefeitura do município, caso o prefeito Darci Lermen acate pedido do vereador Josivaldo da Farmácia (PP) apresentado na sessão da Câmara desta terça-feira (4), por meio da Indicação nº 265/2021.

  • Publicado: Quarta, 05 de Mai de 2021, 19h42

O Ciee é uma associação civil de direito privado, sem fins lucrativos e econômicos, reconhecida como entidade de assistência social que, por meio de diversos programas, dentre eles o de aprendizagem e o estágio de estudantes, possibilita aos adolescentes e jovens uma formação integral, ingressando-os ao mundo do trabalho.

Segundo Josivaldo, a entidade tem a missão de contribuir para o acesso e integração ao mundo do trabalho, fortalecendo o exercício da cidadania; a visão de ser reconhecida nacionalmente como uma referência de entidade beneficente de assistência social; além de responsabilidade social, postura ética e imparcial, confiança e credibilidade, aprimoramento contínuo, soluções ágeis e inovadoras, gestão profissionalizada, trabalho em equipe, crescimento contínuo autossustentável e compromisso com a comunidade.

“Considerando que a celebração de convênio com entidades é de competência do Poder Executivo, e tendo em vista a necessidade de uma instituição que auxilie o município na formação integral de jovens e adolescentes, ingressando-os ao mundo do trabalho, solicito que os membros desta Casa aprovem esta indicação, a fim de que o governo municipal proponha a celebração de convênio com o Ciee, e, consequentemente, incentive a construção de uma unidade dessa entidade em nosso município”, pede o vereador.

UBS, creche e escola
Na mesma sessão, o parlamentar apresentou também a Indicação nº 264/2021, sugerindo que o governo municipal inclua no calendário de obras do município a construção de uma Unidade Básica de Saúde (UBS), uma creche e uma escola no residencial Vale do Sol.

Baseado em dados recebidos da Associação dos Moradores do Residencial Vale do Sol, Josivaldo da Farmácia informou que o bairro conta hoje com 674 famílias, mas não dispõe de uma UBS localizada na própria comunidade com o fim de atender aos moradores que ali residem.

“Além dessa demanda, os munícipes daquela região necessitam de uma escola e de uma creche no bairro, para que, com a creche, os pais de crianças de pouca idade possam contar com uma instituição pública de assistência social que abrigue e alimente seus filhos durante o período em que se encontram trabalhando e, com a escola, o acesso à educação seja facilitado aos moradores dessa comunidade, ao passo que, atualmente, precisam se deslocar para outros bairros em busca do ensino básico”, complementa Josivaldo da Farmácia.

Obras de infraestrutura
Por último, o legislador apresentou a Indicação nº 273/2021, pedindo que a prefeitura retome, através da Secretaria Municipal de Obras (Semob), a execução da obra de construção de galerias pluviais e rede de esgoto na Rua São Lázaro, Bairro Betânia.

De acordo com o propositor, a Semob iniciou em 2010 a obra para implantação da infraestrutura de saneamento básico na Rua São Lázaro, porém tais obras não foram concluídas e estão há mais de 10 anos inacabadas.

“Os moradores dessa via vêm sofrendo ao longo dos anos com o período chuvoso, uma vez que as águas percorrem os declínios da rua e represam, alagando a via, danificando casas, móveis, eletrodomésticos etc., dificultando a trafegabilidade de veículos e de passagem de pedestres”, explica Josivaldo da Farmácia.

O vereador destaca ainda que com as galerias pluviais a comunidade terá um conjunto de tubulações que têm como objetivo captar, transportar e drenar a água da chuva das áreas urbanas até rios, córregos ou canais e, com a rede de esgoto, um conjunto de tubulações que tem como objetivo levar os dejetos sanitários dos imóveis até as Estações de Tratamento de Esgoto (ETEs).

Reconhecendo a importância dos pedidos para a comunidade, os demais vereadores aprovaram as três indicações, que agora serão avaliadas pelo governo municipal.

Texto: Waldyr Silva / Fotos: Felipe Borges / AscomLeg2021

registrado em:
Fim do conteúdo da página