Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Câmara de Parauapebas aprova aumento do quantitativo de professores na Educação Básica

“A necessidade de majoração do quadro de professores é uma questão fundamental para garantir a qualidade e eficácia do sistema educacional em qualquer sociedade”. Essa é parte da justificativa enviada pelo Poder Executivo no Projeto de Lei nº 284/2023, que altera a Lei nº 4.509/2012, que dispõe sobre o Plano De Cargos, Carreira e Remuneração (PCCR) do magistério público.

  • Publicado: Terça, 19 de Dezembro de 2023, 11h09

O texto, aprovado na sessão extraordinária desta segunda-feira (18), na prática aumenta o quantitativo de professores de Educação Básica I e II previsto no PCCR, que passa a ser de 1270 e 574, respectivamente.

A justificativa encaminhada pela prefeitura destaca que “após uma década da implementação dessa legislação, houve alterações significativas na situação habitacional do município. De acordo com dados divulgados pelo IBGE, Parauapebas/PA ascendeu para a posição de quarta maior população no Estado do Pará. Em virtude desse aumento populacional, a rede pública de ensino tem adotado estratégias para assegurar o acesso à educação a todos aqueles que demandam”.

A prefeitura destacou ainda que “com turmas numerosas ou excessivamente sobrecarregadas, os professores podem não conseguir dedicar a atenção necessária a cada aluno. “Isso pode levar a lacunas no aprendizado, desmotivação e até mesmo a evasão escolar. Portanto, ter um número suficiente de professores para atender às necessidades individuais dos alunos é crucial para promover um ensino de qualidade”.

Durante a votação da matéria, a vereadora Eliene Soares (MDB), relatora do projeto na Comissão de Educação e Cultura, informou que os aprovados no concurso realizado em 2017 devem ser convocados para assumir as vagas majoradas.

Eliene Soares (MDB)

“Com a aprovação desse projeto, a prefeitura vai poder chamar os professores que passaram no concurso de 2017, que ganharam na justiça o direito de tomar posse. Assim, vai suprir as necessidades ocasionadas pelo aumento de alunos na rede municipal. Estamos votando aqui mais um projeto que, além de melhorar o aprendizado, vai gerar emprego e renda no nosso município”, concluiu a parlamentar.

O Projeto de Lei nº 284/2023, que também foi analisado pelas comissões de Constituição, Justiça e Redação (CCJR) e de Finanças e Orçamento (CFO), seguiu para sanção do prefeito Darci Lermen.

Texto: Nayara Cristina / Foto: Elienai Araújo / AscomLeg 2023

 

Fim do conteúdo da página